Colton Dixon Deandre Brackensick Elise Testone Erika Van Pelt Heejun Han Hollie Cavanagh Jeremy Rosado Jermaine Jones Jessica Sanchez Joshua Ledet Phillip Phillips Shannon Magrane Skylar Laine

23 de abr de 2011

Comentando as versões em estúdio do Top 7

Comentando as versões em estúdio Top 7

- Siga o @colocanoidol no twitter!
- "Curta" o Coloca no Facebook!

Spoiler! Se você assiste pela Sony ou simplesmente não quer saber o resultado antes de ver o episódio, não leia as informações a seguir.

Scotty McCreery - Swingin'

Mas que voz é essa, né. Achei muito mais interessante do que ao vivo e a participação do coral ficou muito boa. Nunca ouvi a voz dele tão grave e gostei muito do resultado. Não posso falar, contudo, que ele me surpreendeu ou me deixou arrepiado. Mas também não posso dizer que ficou ruim. Ainda que na safe zone, ficou boa, está de parabéns.


James Durbin - Uprising

O arranjo estava muito bom e a parte em que ele acompanha o som da guitarra e grita "Come On" ficou excelente. "Uprising" é ótima e dificílima de ser cantada, ainda assim Durbin conseguiu imprimir sua marca em uma música já consagrada para quem é fã do Muse. Isso pode agradar alguns e desagradar outros. No meu caso, prefiro a versão original.


Haley Reinhart - Rolling In The Deep

Posso estar ficando repetitivo elogiando as versões em estúdio da Haley, mas mesmo se eu não quisesse não teria pra onde correr. É a quarta música seguida que ela emplaca no meu iPod e vai conviver lindamente com a versão original. Essa música é certamente uma das melhores do ano, sua escolha foi muito inteligente. É muito complicado comparar qualquer pessoa com a Adele, mas a Haley conseguiu dar a sua cara - sexy - à música. Esse estilo haleyiano de cantar deu muito certo, ficou surreal. E OS FALSETES? Enfim, alguém me explica como ela ainda vai pro bottom?


Jacob Lusk - Dance With My Father

Ficou bom, mas nada demais. E, dessa vez, não foi impecável vocalmente não. Também não gostei muito do arranjo, escondeu um pouco a voz dele. Achei interessante ele tentar fazer uma versão mais soft, mas, infelizmente, fiquei com uma sensação de que estava faltando alguma coisa. Confesso que por ele ser sempre tão incrível em estúdio - principalmente na semana passada - me deixou mais exigente. Dessa vez, não rolou, Jacob.


Casey Abrams – Harder to Breath

Diferente da semana passada, esse estúdio ficou muito bom e eu amei o arranjo. O refrão ficou excelente e a música ficou bastante comercial. É difícil comparar com a voz do Adam Levine, que tem um timbre único na Via Láctea, mas, ainda que de forma diferente, a música ficou boa. Só não gostei do final.


Stefano Langone - Closer

Não ficou tão ruim quanto ao vivo, mas continuou muito fraco. Pra quem tinha ido bem na semana passada, o Stefano voltou a ser aquela coisa péssima de sempre. Fizeram um arranjo tão estranho, uma mixagem de som tão freak, que no refrão parece que tentaram esconder a voz dele - com razão. A melodia é uma e ele está cantando outra coisa, simplesmente não encaixou. Foram tantos "I just can't stop" que eu tava quase gritando aqui PORRA STOP PLEASE. Enfim, o final foi coerente com o resto da música, tosco.


Lauren Alaina - Born To Fly

Por mais who que seja a música, a versão ficou ótima. Os vocais dela são indiscutivelmente incríveis. Quem diria que essa menina tem 16 anos, gente? Achei realmente muito bom, melhor do que ao vivo e melhor que a original. Ela conseguiu transformar essa coisa desconhecida numa versão razoavelmente comercial, gostei bastante.

40 comentários:

Vicente Telles on 23 de abril de 2011 13:42 disse...

estou orgulhoso do meu amigo! mesmo viajando, trabalhando para o site! =)

Eu não ouvi as versões em estúdio ainda pra dizer se concordo ou não, mas já desisti de baixar a versão do Stefano só pelos milhares de I just can't stop! hahahahhaha

Anônimo disse...

preferi a hayley ao vivo

Rafael disse...

Versão em estúdio ficou perfeita, desde a apresentação escuto a música várias vezes ao dia... Ela incorporou a música e deixou a sua cara e estilo.Quem entende o B3, vai ver os norte americanos gostam de música média. Ela só precisa de uma apresentação prolongando as notas mais agudas e vai cair no gosto do povo. Essa menina é guerreira, chegou p/ ser eliminada com suas performaces e voz melosa nas audições e agora vem surpreendendo em todas as apresentações. Tem estilo, tem potência e melhor de tudo tem vários tons para se trabalhar na sua voz. Agora só esperar o melhor dela na próxima semana.

TEAM HALEY!

WSA on 23 de abril de 2011 14:34 disse...

Concordando até nas vírgulas, com os comentários do Coloca.

Análise exata. Parabéns.

Wendell.

Daniela Maria Martins on 23 de abril de 2011 15:13 disse...

Gente, eu adoro esse site mas, pelo amor de Deus, parem de falar em falsetes quando se trata de mulher!

NÃO EXISTE FALSETE QUANDO SE TRATA DE MULHER!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Muitas pessoas escrevem aqui no site pra vocês corrigirem isso, mas parece que vocês não acreditam... ou não lêem os comentários.

Se não acreditam em nós, pesquisem um pouco na net pra saber se é verdade e o porquê.

Mas, por favor, gente, parem de falar de falsetes (da Haley, neste último caso).
Falsete é uma característica apenas das vozes masculinas.

Anônimo disse...

Já tinha percebido que eles escrevem bastante de falsetes femininos e eu só faço rir eauheauheueha

NÃO EXISTE FALSETE QUANDO SE TRATA DE MULHER!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! [2]

Anônimo disse...

Versão em estúdio da Lauren ficou muito boa.

Carol disse...

Amei a versão do Scotty. Pela primeira vez consegui imaginar um CD dele, e acho que seria MUITO legal. Adoro a voz, adoro o jeito.

O do James ficou bem legal também. Mas eu definitivamente não gostei da música.

Ao contrário de outras semanas, não gostei do estúdio da Haley. Sequer consegui ouvir até o final.

Jacob foi bem melhor semana passada. Mas a voz dele é incrível, cantando qualquer coisa.

Casey foi a melhor apresentação ao vivo e em estúdio. Espero que ele siga essa linha depois do Idol.

Gostei bastante do estúdio do Stefano. Ele deve seguir essa linha. Se for bem produzido, pode virar um pop chiclete. É bonito, canta bem... mas naquelas baladas não vai chegar muito longe.

Lauren definitivamente precisa crescer no ao vivo. Ela é incrível em estúdio, mas não explode ao vivo. Acho interessante que a pessoa não queira mostrar tudo o que pode em uma frase (tipo a Haley), mas também não dá pra não mostrar nada.

Melhores: Casey, Scotty e Lauren

Anônimo disse...

Pr favor alguém manda o Stefano parar de cantar pelo bem da humnaidade!

Anônimo disse...

cara a versão da haley ficou boa (a segunda que mais gostei), mas a do james ficou MUITO FODA!!!!! sério, eu curti pra caralho

WSA on 23 de abril de 2011 16:38 disse...

Explicação colhida no FórumMúsica:

"o objectivo do falsetto não é em si imitar a voz de uma mulher. O objectivo do falsetto é alargar a nossa tessitura em agudos ou melhorar a capacidade de produzir bons agudos de forma artifical, ou seja, através de uma determinada técnica que nos permite chegar a esses agudos mas com menos volume e controle. Chama-se falsetto nos homens apenas porque ao se cantar tão agudo, parece-se uma mulher. As mulheres também podem querer aumentar a sua tessitura nos agudos exactamente da mesma forma, apenas aí não se chama falsetto mas sim voz de cabeça."

Ainda assim, continuo concordando com a análise do Coloca (c/ Falsete e tudo).

Daniela Maria Martins on 23 de abril de 2011 18:30 disse...

Eu também adoro as opiniões aqui do site. E concordocom a maioria.
Tentei fazer uma crítica construtiva, espero que vocês entendam.
Até porque um erro crasso como esse mata a credibilidade, guys.

Damon on 23 de abril de 2011 19:13 disse...

hayliezinha é sempre a melhor no estudio, meu deus, como amo loucamente essa mulher. ela tem que ganhar e não ir pra bottom, pff

gutolepre on 23 de abril de 2011 19:24 disse...

Queridos. Peço perdão pelo erro técnico-musical, Mas, vocês sabem que não temos graduação, pós-graduação, mestrado, doutorado ou pós-doutorado, infelizmente, em música. Entendo que o erro possa parecer trivial, mas é passível de acontecer. Agradeço o toque e vou tentar ler mais sobre os aspectos mais técnicos. Óbvio que sempre os leio os comentários, mas costumo prestar mais atenção quando eles são educados.

Douglas Mesquita on 23 de abril de 2011 19:35 disse...

E a onde tem essas versões pra baixar mesmo?

Carol disse...

guto, acho que o pessoal falou desse jeito porque já falaram váárias vezes sobre a questão dos falsetes.

Douglas, no post dos comentários da apresentação ao vivo tem os links das versões.

Douglas Mesquita on 23 de abril de 2011 19:56 disse...

@Carol:

Found it!

Brigadão! ;)

poli disse...

eu amo todas as versões de estúdio e ao vivo da haley e do casey...eles arrasammmmmmm sempre!!!

Anônimo disse...

as versões da Lauren e da Haley são sempre as melhores.

weslley on 23 de abril de 2011 20:45 disse...

1- Estúdio da Lauren fikou ótimo

2- Born To Fly foi 1# no Hot Country e o cd que têm essa musik foi 2x Platina!

3- Realmente ninguém aqui conhecia, nem eu, mas os Americanos sim, 0 BOTTONS!

Ligeirinho disse...

algumas notas:

qm eh gutolepre?

adorei todos os comentários, como na maioria das vezes (discordei só do Nature Boy, q mereceu +, apesar de ter sido nota 11(de 0 a 10) ao vivo)

"Quem diria que essa menina tem 16 anos, gente?" quem diria também que a Allison Iraheta tinha 16 anos qdo contou Alone? E sim, eu diria q ambas tinha mais.

Anônimo disse...

A versão da Haley no estúdio ficoi demais. Não consegui para de escutar desde que saiu =]

Pedro on 23 de abril de 2011 22:26 disse...

Incrível a versão da Harley, pena que ela já tenha ido 2 vezes para o bottom 3, e isso nunca é um bom sinal

Guilherme on 23 de abril de 2011 22:27 disse...

Achei o Jacob uma droga

Julia on 23 de abril de 2011 22:30 disse...

AMEI de paixão os estúdios do james, casey e haley. oh que novidade, eles são meu top 3 HAHAHAHA.

mas sério. ficaram fodas mesmo.

Anderson disse...

No começo do Top eu não ia com o estilo da Haley, acho excelente a voz do Casey e via o james como um cantor abaixo da média, fora que simpatizava com o Paul...

Cheguei a pensar que essa era uma impressão simplesmente porque não os conhecia ainda.
Mas hoje resolvi ouvir os estudios anteriores, e de fato, como o casey e o Paul cantavam bem. Haley teve um Top 13 e Top 12 bem ruinzinho mesmo, e o james semitonava demais...
Com o avançar da competição, o casey caiu e esta se reerguendo, enquanto o Paul caiu e foi a lona com a eliminação.
Já a Haley melhorou, e não foi pouco, foi um salto enorme de qualidade, ela vem de uma apresentação melhor que a outra (tirando a da Blondie). Já James mostrou uma presença de palco excelente, o que as vezes deixa de lado a parte vocal, mas ele arrasa.

Anderson disse...

E pra quem diz que o público americano é burro e tudo mais, até agora tivemos a eliminação da Ashley, Thia, Naima, Paul, Stefano. A úniva injustiça foi mesmo a Pia e a quase eliminação do Casey...

O detalhe é que, dos 3 resgatados pelo juri para formar o TOp.... os 3 já foram eliminados (naima, Ashley e Stefano), e convenhamos, os 3 eram bem ruinzinhos mesmo... neste ponto o público americano foi mais inteligente que os jurados...

Anônimo disse...

perfeito comentário sobre o Casey ! :D

Bruna on 24 de abril de 2011 01:31 disse...

só eu que senti falta da segunda parte da apresentação ao vivo da haley na versao estudio?
o arranjo vocal do estudio tá muito igual (mesmo a voz deela sendo unica) ao da adele.. ao vivo ela fez um arranjo vocal diferente.. que foi minha parte preferida... :/

Daniela Maria Martins on 24 de abril de 2011 08:00 disse...

Sobre a resposta de:

gutolepre on 23 de abril de 2011 19:24 disse...

"Queridos. Peço perdão pelo erro técnico-musical, Mas, vocês sabem que não temos graduação, pós-graduação, mestrado, doutorado ou pós-doutorado, infelizmente, em música. Entendo que o erro possa parecer trivial, mas é passível de acontecer. Agradeço o toque e vou tentar ler mais sobre os aspectos mais técnicos. Óbvio que sempre os leio os comentários, mas costumo prestar mais atenção quando eles são educados."

Pôxa, Guto, não precisava ser cínico na resposta.
Eu e WSA não fomos cínicos em nenhum momento. E fizemos críticas construtivas de uma forma bem educada.

Se gritei na frase "NÃO EXISTE FALSETE QUANDO SE TRATA DE MULHER!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!" foi numa tentativa de alguém do site ouvir.
Porque, muitas vezes, outras pessoas falaram a mesma coisa e ninguém ouviu.

Ninguém tá pedindo pra vocês terem formação técnica em música.
E, é exatamente por isso, que as pessoas que tem mandam informações como essa. Pra complementar o conhecimento.

As críticas construtivas só ajudam a melhorar ainda mais esse ótimo site.

gutolepre on 24 de abril de 2011 11:59 disse...

Ligeirinho - bem, sou eu, ué. hahaha, é que eu entrei aqui no Coloca nessa temporada, sou novo aqui :)

Daniela Maria Martins - Eu acho ótimo que vocês critiquem, falem os erros e tudo mais. Eu não mencionei ninguém no que eu falei, pelo contrário, fiz questão de falar de forma bem ampla porque esse comentário vale pra muitos outros comentários e posts. Entendo que isso pode ter sido falado muitas vezes, mas eu de fato não sabia. Enfim, de forma alguma tentei ser cínico. Como aqui a gente só LÊ as coisas, fica fácil de ter algum tipo de interpretação errada, tanto por nossa parte como pela parte de vocês, entende?

É isso, de qualquer forma agradeço :)

Anna Luiza Moura on 24 de abril de 2011 14:34 disse...

Primeiramente -> NÃO EXISTE FALSETE QUANDO SE TRATA DE MULHER!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! [3]

Agora, de resto, concordei com a maior parte doscomentarios, apesar de q a maior parte das musicas do Scotty me arrepiarem sim. Amo ele.... *_*

Anônimo disse...

Agora, de resto, concordei com a maior parte doscomentarios, apesar de q a maior parte das musicas do Scotty me arrepiarem sim. Amo ele.... *_*
x2

Ligeirinho disse...

Ah, entendi, Guto. Nunca tinha te visto aqui antes.
Agora tudo está explicado...]

Mas como vc não gostou do Nature Boy(apesar de ter sido 11 ao vivo, foi 9.5 em estúdio, ambas de 0 a 10)?

Breno disse...

Como chama o "falsete" feminino? Dá pra ver que ela sai da voz plena e precisamos dar um nome a essa beleza da natureza! OMG!

Daniela Maria Martins on 25 de abril de 2011 09:39 disse...

"Breno disse...
Como chama o "falsete" feminino? "

Chama-se voz de cabeça.
Apesar do som emitido ser "parecido" é diferente do falsete na técnica empregada com as cordas vocais e no modo de emissão sonora.

Breno disse...

Ok!

A VOZ DE CABEÇA da Haley! (O_o, como falsete soava melhor...)

Beleza natural...

PEDRO disse...

HALEY É A MELHOR E NEM SE FALA NISSO TENHO TODAS AS MÚSICAS DELA NO MEU IPOD E NUNCA IREI APAGAR

ISSO QUE É VOZ O RESTO É O RESTO...

Daniela Maria Martins on 26 de abril de 2011 09:23 disse...

"Breno disse...

Ok!
A VOZ DE CABEÇA da Haley! (O_o, como falsete soava melhor...)"


Fale apenas "os agudos".
Soa melhor e ainda é mais didático.

Bruna on 1 de maio de 2011 00:02 disse...

ai, que povo chato, meu Deus.
talvez no ensino superior tenha outro nome, mas na prática, pra maioria dos músicos e até professores de canto, usam a palavra "falsete"... as vezes não vale a pena esse tipo de discussão de nomenclatura....

Postar um comentário

 

Quem Coloca no Idol

  • Twitter do Geo
  • Twitter da Binha
  • Twitter do Danilo
  • Twitter do Guto
  • Twitter do Zeca
  • Twitter do Marcelo
  • Twitter da Camila
  • Twitter da Julia

Coloca | [LOGIN] | | [CRIAR NOVO POST] | | [EDITAR POSTAGENS] | | [MODERAR COMENTÁRIOS] |