Colton Dixon Deandre Brackensick Elise Testone Erika Van Pelt Heejun Han Hollie Cavanagh Jeremy Rosado Jermaine Jones Jessica Sanchez Joshua Ledet Phillip Phillips Shannon Magrane Skylar Laine

12 de mai de 2010

O American Idol das Mulheres

Girls Year

Não adianta procurar justificativas e tentar defender a nona temporada de American Idol. Ela poderia ter sido bem sucedida se as eliminações dos nossos sonhos tivessem acontecido e se nossos candidatos preferidos permanecessem durante o tempo que lhes parecia de direito. O fato é que isso não aconteceu e é necessário se conformar com os candidatos que a América nos designou a assistir.

É impossível, entretanto, ignorar que, numa temporada que deveria ser dominada por elas, grande parte do que o público considera injustiças ocorreram com mulheres. Alex Lambert ficou no caminho? Sim, mas sua eliminação precoce é apenas um dos exemplos que podemos citar pra imaginar quão melhor esta temporada seria se as expectativas se cumprissem. Depois de duas edições consecutivas serem vencidas por homens – David Cook em 2008 e Kris Allen no ano posterior -, até mesmo Simon Cowell acreditava em uma vitória feminina. Isso ainda pode acontecer graças à remanescente Crystal Bowersox, mas, convenhamos, não será fácil pra ela por tudo que vem se configurando desde o início do Top 12.

De volta ao Top 24, as predições de Simon e do público pareciam estar certas. Entre os homens, nenhum grande destaque fora o porte de galã de Casey James, o drama de "Big Mike" e sua filha recém-nascida, um Andrew Garcia de quem se esperava mais uma inspirada apresentação como "Straight Up" que nunca veio e a destruição dolorosa de "Apologize" através dos vocais de Tim Urban. Perdemos a carismática Janell Wheeler na primeira semana e, para a satisfação de muita gente, foram eliminadas em seguida a esquecível Michelle Delamor e Haeley Vaughn. Mas ainda tínhamos candidatas como Lilly Scott e Katelyn Epperly, que aparentemente iriam muito mais longe do que foram, eliminadas antes do Top 12. Os fãs tiveram que se contentar em assistir a mais apresentações de mulheres que estavam obviamente com as semanas contadas a partir de então - inclusive de Katie Stevens, que ainda não havia se encontrado na competição. A partir desse ponto se deu início ao extermínio feminino.

Não foram chocantes as saídas de Lacey Brown e Paige Miles. Ninguém esperava uma jornada longa para nenhuma das duas, que, na verdade, já haviam passado perto da eliminação antes. Impressionante mesmo foi observar que Tim Urban insistia em aparecer entre os menos votados e continuava aparentemente ineliminável. Então a primeira surpresa desde a saída de alguns dos candidatos favoritos antes do Top 12: Didi Benami só permaneceu até o Top 10, para a frustração de muitos fãs, que, mesmo reconhecendo que ela não vinha fazendo apresentações memoráveis, ainda acreditavam no seu potencial como cantora. E, quando parecia que as meninas finalmente fariam um ponto, os jurados resolveram usar seu poder de salvar um dos candidatos em Michael Lynche. Na semana seguinte, foi a vez de Katie Stevens sucumbir ao voto popular justamente quando se encontrava em ascensão no programa. Mas ela não foi sozinha e levou consigo Andrew Garcia, que já fazia hora extra. Depois de tanto tempo, essa foi a primeira eliminação masculina, contra quatro garotas que deixaram a competição anteriormente. Logo quando estávamos nos acostumando a ele, as fãs de Tim Urban finalmente descansaram e não votaram o suficiente, pondo um fim à jornada do rapaz no show. Pra compensar o lapso, a América nos tira precocemente Siobhan Magnus, forte candidata a configurar no mínimo um Top 4. E Crystal Bowersox finalmente se tornou a única representante das mulheres.

Claro que Crystal ainda pode fazer justiça pelas garotas e consagrar-se campeã do American Idol 2010, mas as boas opções que ficaram no caminho para dar lugar a pessoas como Aaron Kelly, Casey James, Michael Lynche e Tim Urban ainda atormentam. Lilly tinha um estilo próprio; Katelyn, uma doçura única; Didi ainda tinha muito pra mostrar; Katie estava no seu melhor momento quando deixou o programa; e Siobhan, com seus figurinos e escolhas inusitadas, era um atrativo à parte. Impossível não tentar imaginar que critérios o público escolhe para votar nos seus favoritos em prejuízo a candidatos melhores, transformando uma temporada que tinha, sim, seu potencial de ser boa em uma sequência de equívocos.

É aí que se chega à suspeita de que esse talvez não seja o American Idol feminino dos palcos, e sim do público votante. Quem mais preferiria ouvir os vibratos de Casey James ou os falsetes de Tim Urban às belas vozes e personalidades femininas que deixaram o show tão cedo?

35 comentários:

Mariane on 12 de maio de 2010 18:02 disse...

Érika, você disse tudo o que eu pensei durante a temporada inteira... Brigada =D

Realmente, essa temporada era das garotas, mas as pré-adolescentes e mamães e vovós as tiraram para poderem ficar olhando os bonitinhos ¬¬ Quer ver um cara bonito, digite: "cara bonito" no google. Juro que aparece vários!

Imagine o quão mais maravilhoso ter no Top 04 agora a Crystal, a Didi, a Lilly e a Siobhan ou a Katelyn. Ia ser OUTRA temporada!!

Anônimo disse...

concordo com o texto... Katelyn foi minha preferida desde as audições e tinha muito potencial... além de tudo as mulheres tinham personalidades muito interessantes.

Anônimo disse...

Um dos posts mais maduros e completos que eu já vi nesse blog. Parabéns a Érica Zemuner e à equipe por terem discorrido de forma exata sobre tudo o que se passa na cabeça dos brasileiros que assistem ao American Idol 2010.

;)

Anônimo disse...

está mais que visto que existe uma muito maior quantidade de mulheres a ver o programa e a votar para que os rapazes fiquem. Elas não merecem realmente...

Leonardo Legey on 12 de maio de 2010 18:32 disse...

Acho que a temporada podia estar entre as melhores, se não fossem as eliminações absurdas.

Lilly, Katelyn, Janell, Didi, Siobhan, Crystal e até Katie (que eu não gostava muito, mas me surpreendeu com Let It Be) mereciam ser as últimas restantes no Top 7, mas infelizmente, já teríamos que perder uma, pois para o Top 12, só 6 mulheres passariam, o que é injusto, já que ano passado tivemos milhões de homens no Top 13 e nenhum era bom o suficiente para justificar a maioria.

Quando Janell saiu, pelo menos foi uma maneira de tirar essa dúvida cruel, de qual das 7 ficaria de fora do Top 6 de mulheres. Mas como sempre, a America simplesmente não consegue mostrar bom gosto e simplesmente tira, na noite mais sangrenta de todas, Katelyn, Lilly e Alex (que não é menina, mas era o melhor dos homens, junto com o Lee). Depois disso, qualquer esperança minha de ver um Top 6 cheio de mulheres foi exterminada.

O público americano prefere homens, isso pra mim ficou claro com essa temporada. São raras as temporadas que não temos um homem na final (acho que foi so na terceira), mesmo quando tem mulheres que merecem mais. E a quantidade de mulher que sai antes da hora é muito maior que a de homens 'shockers'. Mas nessa temporada, tudo foi levado ao nível máximo, com simplesmente 4 eliminações shockers e super antes da hora e 2 que deixaram todos de coração partido por ainda terem pessoas piores na competição.

Como se não bastasse a preferência do povo por homens, a escolhas das poucas mulheres (que sabíamos que sucumbiriam ao mal gosto do público votante) que passaram para o Top 12, foram praticamente as piores possíveis, com Lacey, Paige e Katie (que graças à Deus se redimiu depois - um pouco tarde demais - e mostrou que merecia ser uma das 6 mulheres).

Ficou claro como 'crystal' que o povo prefere um homem, mesmo que ele seja mediano, a uma mulher, ainda que essa seja muito boa.

Eu realmente espero que esteja errado, mas não acho que a Crystal vá ganhar e que se chegar a final já será uma vitória. Acredito que o Lee leva essa temporada.

A única vantagem disso, é que ninguém mais poderá dizer que o Kris é o pior vencedor ever, né.

Lee, Mike e Casey só chegaram ao Top 12, por conta do grupo fraquíssimo de homens. Acho que a maioria que assiste o programa é mulher e tweens, que quase não torcem pra outras mulheres e, quando torcem, não votam. O problema é que muitas das mulheres (tweens ou não) que votam, ainda tem a mentalidade de preferir um homem bonitinho, mas ordinário, do que uma mulher realmente boa. É só navegar por fóruns que a gente vê isso.

Se nesse ano os jurados tivessem feito um Top 13, pelo menos, daria pra não odiar a temporada tanto, mas não fizeram. Fizeram ano passado, e no Top 12 ainda tínhamos Anoop e Jasmine, que passaram pelo WildCard e não tinham nada de interessante, além de não terem nem ido bem nas apresentações do WildCard. Enfim, flop define lindamente a temporada.

Leonardo Legey on 12 de maio de 2010 18:34 disse...

Gente, escrevi a bíblia, mas leiam, porque sou fino e arrasei nos comentários hahaha


Enfim, se eles liberassem os votos pela internet, como o BBB fez, acho que algumas injustiças não teriam acontecido... Ou não, mas podia arriscar...

Tem muita gente que não vota pra não gastar dinheiro, e essas vovós bingueiras que assistem o AI e votam nos homens ruins, normalmente não se arriscam na internet haaha

Fabio Martins on 12 de maio de 2010 18:47 disse...

Eu parei de assistir quando a Siobhan foi eliminada. Eu prefiro a Crystal, mas como você, não vejo esperanças para a garota. Disse tudo o que eu pensava sobre essa temporada de American Idol.

Anônimo disse...

Érika , você é a Érika da comu da Shivon? *---*

Post muito bem feito , acho que retratou muito bem o que a maioria das pessoas pensavam e ainda pensam sobre a temporada :/

Lucassssss disse...

nossa, disse TUDO o que eu penso sobre o que está acontecendo! brincadeira, nem vejo e nem li, mas amei o texto e a espiral dramática te amo xau

...:::Eloy:::... on 12 de maio de 2010 19:19 disse...

saudade da didi e do alex

Pedro Henrique disse...

Parabéns pelo Post e concordo plenamente.
Eu ainda acho q se os jurados não tivessem dado o Judge's Save para a Hecatombe ambulante, Katie teria permanecido e poderia ter salvado ainda o q restava dessa temporada devido a seu constante crescimento, já que o Andrew saiu o menos votado na semana seguinte e provavelmente iria sair mesmo sem o Mike se apresentar. Ela poderia conseguir chegar no mínimo no TOP 4, sendo arrastada por bottoms igual a Ally ou ser sacrificada no lugar da Siobhan.

Solução importante: tirar os instrumentos de vez ou limitar a quantidade de vezes q determinado participante pode utilizá-lo ou se é necessário ou não.
Algumas das melhores apresentações do Cook foi sem o violão "Billie Jean e Always Be My Baby" com o violão parece que os participantes se escondem atrás e vão empurrando a temporada com a barriga. tirar o violão é a mesma coisa de tirar sua personalidade.
um artista tem q saber lidar sem seu instrumento de apoio.

Math on 12 de maio de 2010 19:31 disse...

disse exatamente o que eu penso! só acho que o mike merecia sim estar no top 12, não sei se mereceria chegar até onde ele chegou poor enquanto (top4), mas eu gosto dele e no top 12 ele deveria ter entrado sim. Sinto mta falta da Lilly, Katelyn, Didi, Katie, Siobhan e Alex.... pra mim todos esses mais a Crystal, o Lee e o Mike deveriam ter sido o top 9...

Bruno Dorneles on 12 de maio de 2010 19:39 disse...

não é exagero, faziam dias que não entrava aqui no coloca: com a saída da siobhan, o idol acabou para mim

e não é "mimimi" de fan-boy não. Realmente toda a temporada teve eliminações que não deveriam ter acontecido, deixando o programa cada vez mais chato ....

Pedro disse...

Apesar do Mike ter entrado até como justiça no Top 12 (Depois de duas apresentações ótimas), infelizmente ele piorou demais a partir do Top 9, até eu que amava estou começando a odiá-lo.

Paige Miles podemos dizer que até entrou como justiça também, pela grande voz, a única coisa ruim que aconteceu foi Against All Odds e Smile (Em compensação em Studio foi a melhor apresentação da Paige), mas é impossível dizer que Katelyn merecia estar no lugar dela. Muitos criticaram bastante a entrada da Katie no Top 12, mas foi a única que mereceu uma chance da América após fazer 3 apresentações mediocres.

O grupo dos homens era fraco, mas em compensação, até estava destacando alguns bons, como Alex, Todrick e o Joe. Tyler nem era grande coisa, depois de American Woman, não tinha como reclamar da eliminação dele.

Eu até sonhava com o John Park no Top 12, ele não era grande coisa, mas gostava da voz dele, fico imaginando aquela música do Tim (Sweet Love), na voz dele.

Top 12 (O verdadeiro):

Homens:
Casey James
Alex Lambert
Todrick Hall
Michael Lynche
Lee DeWyze
Joe Munos

Mulheres:

Crystal Bowersox
Siobhan Magnus
Lilly Scott
Katie Stevens
Didi Benami
Janell Wheller ou Katelyn

A pior eliminação de todas, foi a da Siobhan, em uma noite onde até o Lee a Crystal não haviam ido bem, ela e o Casey tinham salvado a noite, mas ela foi eliminada e na semana seguinte Casey fez um desastre chamado Blue Skies.

Não sei o que aconteceu com os americanos, no AI 1 e no AI 3 eles tinham colocado 3, 4 mulheres no Top 4, e desde a temporada 7 apenas uma mulher esta sobrivendo.

Leonardo Legey on 12 de maio de 2010 20:34 disse...

Gente, sério, com o Top 24, eu pensei "essa vai ser a melhor temporada, Lá pro Top 9 só vai ter gente boa!" Mas foi longe disso...

Rodrigo disse...

Érika ahazou no post.

Mirian on 12 de maio de 2010 21:11 disse...

Concordo com o texto, o AI teve grandes injustiças no decorrer desses anos, mas devemos nos lembrar que o público americano é muito diferente do nosso, eles são regionalista, dando suporte para o candido sempre, foi assim com o Taylor Hicks e foi assim com o Kriss Allen.
Quanto a quem vai ganhar, certamente será a Crystal Bowersox.
Quanto ao Casey James, deveria ficar em segundo, só pela humilhação que ele passou e passa com os jurados.
É isso o povo americano é regionalista e protetor, ponto.

Anônimo disse...

mas sempre foi fato que o publico votante principal são as menininhas pré-adolescentes cheias de hormônios. kris allen ganhou como?

Anônimo disse...

alex, lily, didi e siobhan sairam MUITO cedo.

Julia on 12 de maio de 2010 22:47 disse...

esse post tirou todas as palavras da minha boca. excelente!

Leonardo disse...

Com tudo isso podemos contestar que 70% das pessoas que assistem american idol são adolescentes e que por isso candidatos como Aaron Kelly e Tim Urban foram tão longe, em especial AS adolescentes, que são bem mais viciadas em realitys shows ao ponto de gastar bastante em sua conta de telefone do que os meninos. Dito isso acredito que o Casey James continua lá só por isso, se o programa fosse um programa justo em que julgaríamos pela qualidade da música que a pessoa cantou, teríamos resultados muito diferentes porém não é isso que acontece, quanto pior a pessoa canta mais votos ela recebe, essa é a meta dos americanos, um bom exemplo exemplo é o Casey James no top 5, ele vinha a umas 3 semanas no bottom, foi só cantar mal e saiu do bottom, VAI ENTENDER.

Anderson disse...

Excelente post.....
Discordo apenas da Janell... elafoi muito mau na apresentação.... só lamento, assim como o Tyler que eu apostava e também decepcionou.
Cair matando o Andrew também não adianta, porque no TOP 24 ele era favorito ao título, disparado...só depois vimos o quanto estavamos enganados.
Agora, as eliminações precoces.... foram tantas, tantas.... que a gente perde a conta...
Joe, Lilly, Katterine, Alex, Didi, Katie, Siobhan.... uma sequencia de equivocos sem tamanho...
Resta a torcida pela Crystal...

Leonardo Legey on 12 de maio de 2010 23:30 disse...

Katterine é Katelyn? /pensa

Sergio on 12 de maio de 2010 23:34 disse...

Concordo muito com os comentários
Só acho que o Casey,ao contrário do Aaron e do Mike,fez apresentações que,ao meu ver,foram boas...Algumas até marcantes...
Ele não é meu favorito,mais acho que o programa perdeu mesmo apartir do TOP 24 nas primeiras eliminações...
Eu gostava até da Janell,mais ainda achei mais injusto a Ashley sair...
O Tyler também era um atrativo a parte,tinha muito estilo e um jeito único
Depois Lilly Scott(ao meu ver a pior eliminação),me deixou de cara e com o pensamento que seria uma porcaria dali pra frente
e dito e feito!Depois Didi sai e não salvam ela,e deixam o veto pro purgante Big Mike,que só fazia a mesmisse toda semana...
Sim,achei injusta a saída da Katie naquele momento,mais se for analisar ela no Top 20 e no Top 16,não foi tão injusto assim
A saída da Siobhan foi o fracasso final.Não que ela seja perfeita,pelo contrário,desafinou varias veses e errou feio,mais com certeza chamava muita atenção.Tanto que até minha mãe se surpreendeu(AHAHA)

P/mim isso só vai se salvar se a Crystal ganhar,e mesmo assim não vai ter o mesmo gosto,porque ao contrário do AI8,que foi ótimo(menos a saída da Megan),o programa ficou um pouco chatinho...
Ainda assim tem salvação!

Leonardo Legey on 12 de maio de 2010 23:37 disse...

Se a Crystal ganhar será uma forma de redenção hahah


Mas vê-la ganhar numa final com o Lee, por exemplo, não seria igual a vê-la ganhar (ou perder) numa final contra a Lilly, Didi, Alex ou Katelyn... Porque a final seria FODA.

Anônimo disse...

Saudade da Siobhan =/

Anderson disse...

Hehe...
Concordo duas vezes contigo Leonardo..
primeiro porque errei o nome da Katterin... ops... Katelyn...rsrsrs
Segundo porque, mesmo a Crystal vencendo, vai enfrentar um concorrente com menos força, não que o Lee não seja bom, mas se fosse com o Alex, Lilly, Didi ou Siobhan.... ia ser pedreira para ela e muito bom para quem curte o programa...
Discordo também de quem malha o Casey, acho ele um concorrente bom, tirando o estilo mala de cantar que mais irrita do que qualquer outra coisa... (mas não supera o bracinho e reboladinha do Aaron....)

Ana e o Mundo on 13 de maio de 2010 09:20 disse...

Sou garota. E mesmo o sendo (ou principalmente por sê-lo), não acho certo termos perdido tantas ótimas cantoras para uns cantores medíocres...
Quando a Siobhan saiu, perdi o chão. Pra mim, ela era a melhor, única.

Anônimo disse...

Talvez o que muitos não tenham percebido ainda é que se trata de um programa onde fica quem agrada mais o público!

Vou ser breve e falar de algumas eliminações que muitos contestam.

Primeira delas: Didi Benami.

Aqui paro e faço uma comparação, cada apresentação de cada semana é como se fosse um CD lançado por um músico. Imaginem a seguinte situação, você músico lança um CD, Didi Benami canta Play With Fire, o seu CD é magnífico, super aceito pelas críticas e etc.. Didi também, todos a elogiaram, ela foi incrível! Porém você lança um novo CD, que já não é tão aceito, e na semana seguinte, acontece o mesmo com a Didi, não foi nada marcante, não surpreendeu, não agradou o suficiente! Dessa forma foi sendo, semana após semana, até que outros passaram a agradar mais que ela, e assim ela deixa o programa.

O mesmo vale para Siobhan, pra mim ela teve só 4 apresentações realmente marcantes, que lembro de detalhes, são elas: Paint It Black, Superstition, Think e House of The Rising Sun. O restante, não marcou, não agradou e as vezes até foi bizarro de mais.

Agora comparem com Crystal ou Lee, praticamente todas as apresentações são extremamente agradáveis, marcantes, gostosas de ouvir!
O próprio Casey, que muitos contestam pela sua voz, é mais popular e agrada muito mais que as apresentações que fizeram a Siobhan dizer adeus.

Lembrem, não se trata de um programa onde quem canta melhor, quem faz um arranjo melhor, quem é mais bonito, ganha!
Trata-se de um programa onde quem agrada mais O PÚBLICO EM GERAL ganha.

Portanto, você pode não saber cantar, pode ser feito, sem dente, sujo, maaaaasss, se você agradar o público dessa forma, você ganha.
São eles quem decidem tudo!

Eu sinceramente acho essa temporada muito boa, principalmente pela Crystal, pelo Lee, por 2 momentos de Andrew (Straight Up e Forever), por Superstition da Siobhan, pelas músicas acústicas do Casey, pelos olhos da Lacey e pela beleza e voz da Didi.
Quem se tornou insignificante pra mim nesse programa foram, Mike, Tim e Aaron.

Mas o programa é bom, e nada me parece injusto!
Deixou de agradar seguidas vezes, Tchau!
Você TEM QUE AGRADAR! É isso que faz você ficar!

Anônimo disse...

Eu não concordo com este post! É só a opinião dela...E ela não é a dona da verdade!!
Cada um gosta de quem quizer e vota em quem mais lhe agradar... Aprendam a respeitar e, principalmente, a não desmerecer o gosto das pessoas..É isso!!!

Rakshasa disse...

Respeitar opinião? Óbvio, mas existem limites de bom senso.

Vai falar que a Didi merecia sair antes do Tim? Do Mike? Do Aaron? Do Andrew? Da Katie? Gente, bom senso, por favor.

Anônimo disse...

Katie Stevens (L)

Leonardo Legey on 14 de maio de 2010 13:37 disse...

Pro menino que falou das apresentações como CDs.

Eu entendo o seu ponto e eu concordo, elas pioraram e saíram por isso... Mas o problema é que muita gente pior que ela continuou, mesmo fazendo apresentações péssimas e sem nenhuma evolução... Então o problema é elas saírem antes deles, que não evoluíam, os CDs dele eram sempre ruins, entende?

Romullo menezes on 16 de maio de 2010 12:19 disse...

adorei sua crítica Conrado, ótimo texto.

Anônimo disse...

Só não foi o Conrado que escreveu, né...

Aaron, Tim e Mike pra mim não entrariam nem no Top 24. Tinha gente muito melhor. Seguindo, Andrew não entraria no Top 12. Só Lee e Casey mereceram estar no Top 12. E entre eles faltou o Alex Lambert. As outras 9 vagas eu ocuparia com mulheres! Ashley, Janell, Katelyn, Lily, Crystal, Katie, Lacey, Didi e Siobhan! Seria a melhor temporada da história do American Idol. mas ficou só no sonho.

Postar um comentário

 

Quem Coloca no Idol

  • Twitter do Geo
  • Twitter da Binha
  • Twitter do Danilo
  • Twitter do Guto
  • Twitter do Zeca
  • Twitter do Marcelo
  • Twitter da Camila
  • Twitter da Julia

Coloca | [LOGIN] | | [CRIAR NOVO POST] | | [EDITAR POSTAGENS] | | [MODERAR COMENTÁRIOS] |