Colton Dixon Deandre Brackensick Elise Testone Erika Van Pelt Heejun Han Hollie Cavanagh Jeremy Rosado Jermaine Jones Jessica Sanchez Joshua Ledet Phillip Phillips Shannon Magrane Skylar Laine

9 de dez de 2011

X Factor UK 2011: Recapitulando os Live Shows 7 e 8


Boa tarde para você que está atrasado com os posts. Hoje é dia de tirar o atraso da sua vida com o X Factor UK. Como vocês sabem, blogueiro do Coloca também é ser humano e estava super atrasado com suas obrigações na faculdade. Já que reality show ainda não é matéria cobrada em prova de ensino superior, tivemos que nos dar uma folguinha. Mas enfim, este fim de semana já é a final, então vamos rever tudo que aconteceu nessa delícia renegada por muitos, mas que está muito superior a franquia americana.

Primeiro de tudo, ainda estamos de luto pela saída precoce da Kitty Brucknell. Mas teremos que nos conformar com isso.

Após a saída de nossa diva, o Top 6 teve a missão de cantar "Músicas de Filmes", com direito à muita cafonice, mas uma noite maravilhosa, na qual o destaque foi, indiscutivelmente, da fofa Janet Devlin e das lindas meninas do Little Mix. Era a chance de termos uma pimentinha para as maravilhosas Little Muffins e acho que ninguém discorda, infelizmente, não tem espaço para pimentas na nossa breve recapitulação, mas não custa uma fotinho, né?


Vamos ao resumo do Top 6:
Começamos com o projeto de diva masculina, Craig Colton, cantando uma música aleatória do 007 ("License to Kill") e tendo seu saco puxado pelo Gary de maneiras inovadoras. Uma apresentação fraca, comparada às outras que ele já teve, e igualmente sem graça, que rendeu discussão entre os jurados e momentos do Gary provando que, se depender dele, LA não será o pior mentor da franquia. Mas como "depois da tempestade vem a bonança", tivemos Janet Devlin cantando "Kiss Me", da banda Sixpence None The Richer, e fazendo uma de suas melhores apresentações em muito tempo. Foi animado, ela estava solta, parecia feliz, cantou bem, foi fofíssima e o palco estava perfeito. Finalmente a menina voltou à boa forma.


Own. Depois nós tivemos duas apresentações com o mesmo erro: falta de personalidade. Amelia Lily e Misha B cantaram "Think", da Aretha Franklin, e "I Have Nothing", da Whitney Houston, respectivamente. Vocalmente as duas arrasaram, mas para Amelia faltou star quality e para a Misha, faltou Misha, já que ela foi o tipo de diva clichê que nunca imaginávamos que ela seria. Era a hora das queridas do Little Mix subirem o nível da noite com a música "Don't Let Go", do grupo En Vogue, e elas fizeram o serviço. Vocais no ponto, harmonia perfeita, vozes certas destacadas nos momentos certos e Perrie mostrando que tem voz de sobra. Fizeram por merecer uma pimentinha. Mas não acabou, infelizmente, Marcus ainda está na brincaderia (ainda que tenhamos esquecido dele) e cantou "Higher and Higher", numa versão Igreja com direito a coro gospel, com uma roupa rosa horrorosa que cegava qualquer um, podemos pular isso, né?

Nos resultados, tivemos Alcione louquíssima de bala com "We Found Love" e o Top 6 cantando com Bryan Adams, que fingiu que assistia o programa e, quando perguntaram o act favorito dele, ele só respondeu "The lady in the blue dress", ou algo do gênero. Ou seja, meses de programa e o cara ainda não sabe o nome da Amelia? Além disso, tivemos a lindíssima Rebecca Ferguson voltando ao programa cantando seu single "Nothing's Real But Love", pra promover seu incrível álbum.
Na hora de formar o bottom, de forma nada surpreendente, testemunhamos um Bottom 2 com Amelia, que cantou "Yoü & I", e Craig, cantando a música da Caitlin Koch, "Will You Love Me Tomorrow" . Os dois cantaram suas músicas de forma entediante e nada emocionante (apesar do que os jurados disseram) e tivemos nosso primeiro deadlock.


Pra falar a verdade, não fazia diferença, já que estávamos lidando com uma "win-win situation" e o que saísse era lucro. Mas o jogo acabou para Craig e seu papo, que saíram da competição sem nada.



Moving on, vamos ao Live Show 8...

Depois de um resultado tão bom na semana anterior, foi a vez dos nossos finalistas cantarem duas músicas, uma era Guilty Pleasure e a outra devia ser algo do tipo "Heroes".
Tivemos uma noite relativamente fraca, com destaque para a segunda rodada de apresentações. Na primeira rodada tivemos, abrindo a noite, as Little Mix cantando um Mashup de "Baby/Where Did Our Love Go?", ou seja, Justin Bieber e Diana Ross. Não foi a melhor delas, foi desconexo e confuso, mas não foi ruim, deu pra animar. Logo depois tivemos Janet Devlin esquecendo a letra de "MMMBop", dos Hanson, mas, como disse meu querido amigo Anderson, esquecer letra de Hanson deve ser uma virtude, né? Mas eu compartilho esse Guilty Pleasure com a Janet linda. Em seguida tivemos Misha B fazendo uma versão cafona e brega de "Girls Just Wanna Have Fun", da Cyndi Lauper, com direito a rap e esquisitices, mas que não ficaram bons como deveriam.


Depois disso, tivemos Marcus Collins fazendo um Bis das suas dez últimas apresentações, cantando "I'm Your Man". Por último tivemos Amelia Lily achando que era Janet/Diana/Drew, pra cantar sem sapatos. Ela cantou uma música desconhecidíssima, chamada "China in Your Hand", mas fazendo um trabalho decente e se destacou nesse primeiro round tenebroso. Mas ainda assim, não foi nada tão incrível.

Round 2:
Chegou a hora do segundo round e todos estavam apreensivos, com medo de ser a mesma porcaria do primeiro. Mas as lindas Little Mix mostraram que não é bem assim, quando cantaram "Beautiful", da Christina Aguilera. Apesar de não ter sido o melhor vocal delas, a apresentação foi linda e cheia de emoção, com direito a todas as nossas meninas lindas chorando emocionadas no final. Own. Janet chegou logo depois cantando Red Hot Chilli Peppers, que são os ídolos dela. Ninguém imaginava que poderia dar certo essa combinação, mas não é que deu? Janet foi muito bem e animou bastante cantando "Under The Bridge".

Depois tivemos Misha B fazendo uma versão não tão boa quanto esperávamos de "Killing Me Softly", não foi tão animado, não foi tão cool, não marcou. Tivemos, também, Marcus cantando "Lately" e, mais uma vez, sendo boring e "mais do mesmo", com direito a vocais bem fracos no começo da apresentação, que com o tempo melhoraram. Pra fechar a noite tivemos Amelia cantando "Since You've Been Gone", num arranjo que não favoreceu muito a voz dela, mas que foi decente.


Na noite de resultados, o nosso Top 16 voltou ao programa para cantar o single (sem o Frankie haha) e nós pudemos rever Sophie e Kitty, que estavam fazendo falta em nossos S2. Jessie J também se apresentou, arrasando, com "Who You Are" e tivemos uma surpresa enorme quando Olly Murs se juntou à Lauren Alaina, direto do AI, para cantar seu single "Dance With Me Tonight".


Depois da enrolação usual, foi formado o Bottom 2, com Misha B, em seu décimo nono bottom, e Janet Devlin. Duas girls se enfrentando no mesmo bottom, todos ficam com pena da Kelly. Janet cantou "Chasing Cars" e volta à boa e velha forma, enquanto Misha cantou "Out Here On My Own", apelando muito pro drama, mas foi bem.

Louis vota para eliminar a Janet; Tulisa, em seguida, faz o mesmo e vota para manter Misha na competição. É hora de Kelly votar e ela tem duas escolhas, ou vota na Janet e elimina a menina, ou vota na Misha e deixa a decisão na mão de Gary. Então Kelly, no auge da hipocrisia, diz que não consegue escolher ninguém. Dermot reforça que se ela não votar, Janet é eliminada, independente do voto do Gary. Ela mantém, a decisão e Janet é eliminada. Agora, pensemos, se ela realmente não conseguisse escolher, ela não tentaria mandar para um deadlock votando na Misha, pra deixar o povo decidir? Mas não é a mesma Kelly que votou pra eliminar a Sophie, num bottom contra a Misha? É, ela mesma.


É isso, com esse pequeno resumo, tiramos o atraso do X Factor UK, porque em seguida, teremos o post normal do Top 4, com nossos comentários, idolômetro e delícias do tipo. ;)

13 comentários:

Anônimo disse...

Post muiito digno!

amanha é a primeira parte da final pessoal. GO LITTLE MIX

Anônimo disse...

Se a Kelly votasse na Misha não daria deadlock, porque o Gary iria votar na Janet, ele falou.
Então a Kelly foi muito é das espertas em não escolher, já que era óbvia a saída da Janet, INFELIZMENTE!
Sem a menor dúvida a melhor participante do X Factor, tanto do britânico quanto do norte-americano.
Com a saída da Janet do FX UK e a saída da Drew e do Astro FX USA, só resta uma coisa a fazer: esperar que o AI ano que vem salve a credibilidade desse tipo de programa, porque esse final de ano tá FODA!

Anônimo disse...

gostei muiito! mas so um detalhe no final esta escrito "É isso, com esse pequeno resumo, tiramos o atraso do X Factor UK, porque em seguida, teremos o post normal do Top 4, com nossos comentários, idolômetro e delícias do tipo. " mas o top 4 ja foi e amanha ja é top 3 ai?

Anônimo disse...

Lauren Alaina foi foda!!!

Anônimo disse...

porque esse blog venera todas as girls e as girlbands e acha TODO act masculino "boring"?

Anônimo disse...

pq NESSE ano nas 3 competiçoes: American Idol, X Factor Uk e x Factor USA as mulheres estao superiores o unico boy q ainda esta na disputa emerece elogio é o Josh do X Factor USA mas a mentora dele nao merece elogio IN MY OPNION

Legey on 9 de dezembro de 2011 19:27 disse...

pq NESSE ano nas 3 competiçoes: American Idol, X Factor Uk e x Factor USA as mulheres estao superiores o unico boy q ainda esta na disputa emerece elogio é o Josh do X Factor USA mas a mentora dele nao merece elogio IN MY OPNION +1

Legey on 9 de dezembro de 2011 19:30 disse...

Anônimo
O que foi questionado foi se a Kelly realmente 'não podia escolher'. Porque ela não sabia com certeza qual seria o voto do Gary. Se ela não fosse capaz de escolher uma, ela votaria na Misha, pra dar a chance do voto dela não eliminar ninguém (afinal, se fosse para Deadlock, seria a escolha do público).

E ainda que o Gary fosse votar na Janet, como disse depois, a Kelly poderia muito bem votar na Misha... Mas como tinha a chance do Gary eliminar a Misha, a Kelly preferiu não arriscar um Deadlock, que poderia eliminar a Misha, caso o Gary votasse nela.

Anônimo disse...

Ela não sabia COM CERTEZA que o Gary votaria na Janet, mas a probabilidade era muito grande, foi isso que eu quis dizer. Tendo isso em mente, pra evitar uma espécie de "momento constrangedor" (já que ela seria mentora de alguém em que ela votou) ela não quis votar na Misha, haja vista que já "sabia" que ela continuaria.
Não sei se fui clara, mas imagino que seja isso que aconteceu, mas sabe lá o que se passa na cabeça dela, né?

Enfim, a única coisa que sei é que a Janet deveria estar nessa final.

Anônimo disse...

Janet ): continuo triste com a sua eliminação...kkk

Anônimo disse...

LITTLE MIX, as MELHORES *--------------*

Anônimo disse...

pq NESSE ano nas 3 competiçoes: American Idol, X Factor Uk e x Factor USA as mulheres estao superiores o unico boy q ainda esta na disputa emerece elogio é o Josh do X Factor USA mas a mentora dele nao merece elogio IN MY OPNION + 2

Anônimo disse...

rachei com a Lauren Alaina... pessoal tem que ter muita esportiva. KKKK <3 own

Postar um comentário

 

Quem Coloca no Idol

  • Twitter do Geo
  • Twitter da Binha
  • Twitter do Danilo
  • Twitter do Guto
  • Twitter do Zeca
  • Twitter do Marcelo
  • Twitter da Camila
  • Twitter da Julia

Coloca | [LOGIN] | | [CRIAR NOVO POST] | | [EDITAR POSTAGENS] | | [MODERAR COMENTÁRIOS] |